Buscar
  • Simone Fuzaro

Família: Uma Grande Oportunidade

Todos olhamos ao redor e identificamos muitíssimas coisas que gostaríamos que fossem diferentes. A realidade cotidiana em cidades como São Paulo é muito dura: trânsito intenso e perigoso, assaltos e furtos à luz do dia, violência nas relações, intolerâncias das mais diversas naturezas, bullying, traições, mentiras... Uma realidade onde os valores, a palavra, o respeito, ficam relegados à segundo plano constantemente. Há uma busca desenfreada pelo prazer, pela conveniência, pelo sucesso financeiro fácil - sem muito trabalho. O interessante é que, apesar de estarmos imersos nessa realidade, de muitas vezes sermos tomados por ela e nos vermos remando em direção ao egoísmo e ao comodismo, temos em nossa consciência como que um senso que nos alerta sobre um "erro de rota".



Quando percebemos a sociedade tão injusta, tão corrompida, temos certeza de algo precisa ser feito para mudarmos a direção. Normalmente esperamos essa mudança acontecer. Reivindicamos posições e posturas do governo, das diferentes instâncias do poder público, da polícia e muito pouco nos implicamos com ela para muito além de participar de manifestações. Esperamos grandes mudanças que melhorem nossa vida e de nossa família. Não percebemos que temos em mãos a grande e mais eficaz ferramenta para melhorarmos a sociedade e a nós mesmos: nossa família.

Que grande escola é uma família que luta para viver bem, para manter o amor entre os cônjuges, para educar bem os filhos, para transmitir valores sólidos, para viver o respeito às diferenças, para conviver com as limitações que todos temos, para corrigir com carinho e firmeza os defeitos de cada um. Para amarmos o nosso parceiro precisamos aprender a sair do egoísmo, da busca de nossos confortos e interesses para encontrar a felicidade de dividir, de servir, de abrir mão em prol do bem dos dois. Modo eficaz de ganhar a virtude da generosidade e vencer o egoísmo. Para educarmos os filhos precisamos nos dedicar a viver o verdadeiro amor, aquele que sai de si em busca do bem do outro. Renunciamos ao comodismo, ao ritmo de vida que levávamos antes de tê-los e vamos aprendendo a encontrar a felicidade e a realização nos aprendizados que os pequenos fazem a cada dia, nas conversas, brincadeiras, passeios, nas conquistas deles rumo à autonomia: falar, andar, tirar as fraldas, entrar na escola, etc. Cada fase uma alegria, uma preocupação, um desafio, uma aventura. A grande aventura de mudarmos o mundo sendo melhores a cada dia e formando pessoas virtuosas, que saibam se posicionar de modo ético, generoso, em busca do bem comum na medida que exercitaram isso no convívio familiar. Não será tão difícil respeitar e ajudar alguém que tenha uma necessidade especial se aprendermos a conviver respeitosamente com as diferenças e limitações dentro do lar; será mais fácil darmos passagem ao outro ou oferecermos o lugar no transporte, se aprendemos desde pequenos a identificar as necessidades dos que estão ao nosso redor; não será impossível nos submetermos à autoridade de um chefe, se aprendemos desde cedo os bens trazidos pela autoridade amorosa dos pais.

Não existem famílias perfeitas. O que importa não é acertar sempre mas, sim, lutar muito - lutar em busca de amar, educar e crescer. Essa é nossa grande, rica e eficaz oportunidade de sermos melhores e construirmos um mundo melhor.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

©2023 por CM/Coach. Orgulhosamente criado com Wix.com

Siga-me nas redes sociais!

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Icon